Polêmica: Sadomasoquismo, yaoi, lemon, fanfics e essas coisas

24/07/2017 || || || Um comentário:
Oi lá pessoas dessa blogosfera! Mais um post sobre yaoi! Já faz um tempo desde que li uma postagem sobre fanfics e tals, um bom post, explicava alguns termos do universo das fanfics e tals e num deles eu vi a tag "sadomasoquismo" dizendo que poderia ser considerado estupro dependendo da situação. Claro que a autora tá certa, depende muito da situação, mas isso me deu uma ideia para esse post, vou expandir a tag que ela falou. Então vai ter muita falação, se preparem. Só não se preocupe, não tem nada que eu considere "+18" por aqui, vai ser só eu discutindo um pouco sobre o tema e essas coisas, vai ser um post para quebrar tabus.

Quando prometização yaoi (ou de qualquer gênero) tem um limite

17/07/2017 || || || 7 comentários:
Oi lá pessoas! Cá estou eu de novo falando sobre yaoi, acho que yaoi é quase minha vida, não é mesmo? Mais imerso ainda na minha vida é falar sobre problematizações, mas dessa vez diferente: Vou falar contra problematização. Comassim Hari? Sim, vocês sabem que sou fujoshi problematizadora com muito orgulho, vou até tatuar isso na testa. Mas queria dizer que os problematizadores de plantão estão passando dos limites e eu não aguento mais, é por isso que criei este post, mesmo sendo problematizadora, preciso falar quando isso alcança o limite, a ponto de atingir pessoas. Gente, vocês não sabem o quanto é sério, vamos ler aí, não é mesmo?

Coisas que ando acompanhando

10/07/2017 || || || Nenhum comentário:
Oi lá jovens gafanhotos! Para vocês que não sabem, não estou de férias, ok? Estou postando muito assim porque fiz uma "parceria" com uma pessoa que me acompanha onde vou -na verdade é a mesma pessoa que pego as contas dos jogos da Beemov pra fazer resenha- e tô mandando os texto para ela e ela posta pra mim, não é um amor? Vontade de apertar uma linda dessas! Infelizmente, é só até as férias dela terminarem, mas vou tentar um jeito mais efetivo de postar, não aguento mais ficar sem postar, minha gente! Enfim... Depois do desabafo, vamos ao post.